Na sexta-feira, dia 10 de maio, pelas 21h15, realizar-se-á a procissão de Nossa Senhora da Porta do Céu, que percorrerá as ruas de Telheiras.

Trajeto da procissão:
Igreja de Telheiras (adro), Estrada de Telheiras, R. Filipe Duarte, R. Ventura Terra, Travessa das Galhardas, Largo do Poço, Estrada de Telheiras, Rua Hermano Neves, R. Prof. Francisco Gentil, R. Prof. João Barreira, R. Prof. Henrique Vilhena, R. Prof. Mário Xicó, R. Prof. Francisco Gentil, Rampa do Metropolitano Jardim Prof. Caldeira Cabral, Estrada de Telheiras, Igreja de Telheiras.

Que sentido tem esta procissão?

O “Diretório sobre a piedade popular e a liturgia”, publicado pela Santa Sé em 2002, explica o que está por detrás desta manifestação popular de amor a Nossa Senhora.

Apresentamos um pequeno excerto:

A piedade popular à Santíssima Virgem, diversa nas suas expressões e profunda nas suas causas, é um facto eclesial relevante e universal. Brota da fé e do amor do povo de Deus a Cristo, Redentor do género humano, e da perceção da missão salvífica que Deus confiou a Maria de Nazaré, para quem a Virgem não é apenas a Mãe do Senhor e Salvador, mas também, no plano da graça, a Mãe de todos os homens.
De facto, os fiéis entendem facilmente a relação vital que une o Filho e a Mãe. Sabem que o Filho é Deus e que ela, a Mãe, é também sua mãe. Percebem a santidade imaculada da Virgem, e venerando-a como Rainha gloriosa no céu, têm a certeza de que ela, cheia de misericórdia, intercede em seu favor, e portanto, imploram com confiança a sua proteção.
Os mais pobres sentem-na especialmente próxima. Sabem que foi pobre como eles, que sofreu muito, que foi paciente e mansa. Sentem compaixão pela sua dor na crucifixão e morte do Filho, alegram-se com ela pela Ressurreição de Jesus. Celebram com gozo as suas festas, participam com gosto nas suas procissões, peregrinam aos seus santuários, gostam de cantar em sua honra, apresentam-lhe ofertas votivas. Não permitem que ninguém a ofenda e desconfiam instintivamente de quem não a honra.
A própria Igreja exorta a todos os seus filhos a alimentar a sua piedade pessoal e comunitária através de exercícios de piedade, que aprova e recomenda.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.