Obras  
 


De acordo com o Protocolo assinado pela EPUL (Empresa Pública de Urbanização de Lisboa) e o Patriarcado de Lisboa, realizaram-se obras de restauro do exterior e cobertura da igreja, que se iniciaram em Setembro de 2004.

Faltavam ainda as obras do interior. O projecto de arquitectura constava de trabalhos de renovação e melhoramento nas seguintes áreas:

  • sacrário e retábulo com a imagem da Padroeira
  • altar, ambão, pia baptismal e sede no presbitério
  • confessionários na nave
  • corta-vento na entrada
  • lugares no coro e escada de acesso
  • bancos e pavimento na nave e no coro
  • pintura e reboco das paredes
  • instalações eléctricas (luz e som).

O Conselho Económico da Paróquia de Telheiras, depois de apreciar e aprovar o projecto e considerando a urgência e anseio por estes trabalhos, tomou a deliberação de iniciar uma campanha económica para financiar estas obras de restauro e renovação do interior da igreja de Nossa Senhora da Porta do Céu, pois o contributo paroquial destina-se só às despesas correntes.